NOTA: 5.0

Um bar acolhedor, um barman que sabe servir o drinque certo pra você, e um drinque que resolve os seus problemas! Nunca fiquei com tanta vontade de tomar uns drinques como fiquei depois de ver Bartender!

Sinopse:

Ryū Sasakura   é um bartender, ou barman, que trabalha no Eden Hall. Local aonde várias pessoas vão para relaxar e acabam compartilhando sobre suas vidas. Nisso Ryū aproveita para apresentar diferentes tipos de drinques com o propósito de ajudá-las em seus problemas.

Durante a série são mostrados vários drinques diferentes, só que para cada episódio há um drinque especial. Segue abaixo a lista desses drinques:

1. Grasshopper

2. Nikolaschka

3. Margarita

4. Bijou and Amber Dream

5. Daiquiri

6. Aberdeen Angus

7. Rusty Nail

8. “Pastis Water”

9. Gin & Tonic

10.Black Velvet

11. “Bartender”

Análise:

O anime desperta uma curiosidade em relação às bebidas e ao barman. Não foca no “beber”, mas seu foco está na história das bebidas e sobre o papel do barman.

A cada episódio dos onze da série pelo menos uma pessoa visitava o Eden Hall. Todas tinham os seus problemas particulares e com as suas peculiaridades. No segundo episódio, por exemplo, surge Miwa Kurushima pedindo paraRyū encontrar o menu do seu coração. É estranho ela ter feito esse pedido porque não se sabe de nenhum drinque com um nome parecido. Então ela conta a sua história, dizendo que quando era criança quebrara uma garrafa de uma bebida alcoólica. Essa bebida era um presente de seu pai para seu avô com o propósito de reconciliação. Após esse acontecimento Miwa acaba ficando órfã numa fatalidade. Agora quer que Ryū descubra qual foi a bebida por ela quebrada, eis ai o motivo do “menu do coração”. Essa bebida retomaria ao passado e iria ao encontro de seus ressentimentos. Ryū descobre qual era a bebida e a sua história tinha conexão com o caso, de maneira que se resolve o problema de Miwa.

A pessoa não ia ao bar para simplesmente afogar as mágoas num copo de bebida. O anime consegue fazer uma com que haja uma ligação entre ela e a história do drinque. Não só o problema de Miwa, mas vários outros são resolvidos após uma breve explicação do surgimento da bebida. Os clientes se identificavam com o criador da bebida ou com a história da bebida. Eles refletiam e conseguiam encontrar solução para os seus problemas.  Além do sabor da bebida ser um consolo para os clientes, a bebida em si também era.

Segundo o anime, barman não é só uma função, mas é um estilo de vida. Ele não é um garçom que simplesmente serve os pedidos dos clientes. Muitas vezes ele acaba sendo a única pessoa pra quem o cliente vai contar os seus problemas, e o barman não pode atrapalhar mais ainda a vida dele. Por isso, é muito importante que o barman tenha o conhecimento das bebidas para servir aquela que atenda as necessidades do cliente. Ryū não tinha o costume de ouvir seus clientes pedirem pra trazer bebida X ou Y. Ele procurava entender o estado de espírito do cliente para servir a bebida cujo sabor e intensidade ser-lhe-iam mais agradáveis. Era Ryū que normalmente contava as histórias das bebidas e tentava ajudar os clientes. Ele não só estava conectado com o seu trabalho, mas estava envolvido na vida de muitas pessoas. As quais sempre apareciam no Eden Hall com novos problemas e com uma única pessoa para ouvir. Por isso que o anime apresenta “barman” não só como um trabalho, mas como um estilo de vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s